Postado em 12 maio 2017 às 15:10

Bitcoin o que é? Explicação simples para leigos


Por Tatiana Ticami




Afinal, o que é Bitcoin?

Bitcoin é um tipo de moeda digital, ela não existe fisicamente, apenas no universo virtual. O Bitcoin é considerado uma criptomoeda, ou seja, uma moeda que utiliza-se da criptografia para assegurar as transações (uma vez que são todas realizadas no universo digital) e para controlar a criação de novas unidades de moeda (senão qualquer pessoa conseguiria criar bitcoins e ele acabaria não valendo nada). Estas moedas são fabricadas por usuários espalhados pelo mundo, os chamados mineradores. (Saiba mais sobre o processo de mineração de bitcoins).

Uma das grandes vantagens do Bitcoin é o fato de ser uma moeda descentralizada.

Vamos esclarecer a diferença entre o Real e o Bitcoin para simplificar. O Real é fabricado e fornecido exclusivamente pelo Banco Central do Brasil, por ninguém mais. Assim como o dólar, yen, euro e as demais cédulas padrão, a instituição que detém e controla o dinheiro é o Banco Central, por isso estas são consideradas moedas centralizadas. O Bitcoin não é centralizado, isto é, não existe um banco que o rege.

"Você não depende do sistema bancário no mundo dos bitcoins. Você é seu próprio banco" Fernando Ulrich, um dos autores do livro A Revolução das Moedas Digitais: Bitcoins e Altcoins

Outra vantagem do Bitcoin é a facilidade e rapidez das transações.

Basta um celular smartphone com internet. Em menos de dois minutos você é capaz de movimentar centenas ou milhares de bitcoins para qualquer canto do mundo. (Lembrando que cada Bitcoin vale cerca de 6 mil reais (12/05/2017), dependendo da cotação. Imagine quanto dinheiro é movimentado globalmente sem a necessidade de um banco e livre de suas burocracias)

Taxas baixas e transações anônimas

Comparadas às transações tradicionais que realizamos no banco, as taxas cobradas nas transferências de bitcoins são extremamente baixas e proporcionais ao montante encaminhado. Além disso, tecnicamente, todas as transações são rastreáveis por meio do blockchain. O que existe nesta moeda digital é um pseudo-anonimato, isto é, embora as transações fiquem registradas no blockchain, a informação que aparece é que "um conjunto de números passou um determinado valor de bitcoins para outro determinado conjunto de números". Portanto, caso você não saiba quem é o indivíduo representado neste conjunto numérico, a transação é exibida sob uma espécie de anonimato.

Valorização em ascensão

Hoje, enquanto escrevo esta postagem, o Bitcoin está valendo R$ 6.628,00. É provável que no momento em que você estiver lendo este texto, seu valor tenha aumentado drasticamente (ou mesmo diminuído, ante sua volatilidade). Vale salientar que esta é uma boa oportunidade de ganhar dinheiro, visto que ele pode valer o dobro em alguns meses. Mas, sempre precisa ter em mente que o bitcoin é uma ativo volátil e suscetível ao mercado. Saiba como fazer uma carteira de Bitcoin.
Quer saber mais? O livro A Revolução das Moedas Digitais: Bitcoins e Altcoins explica detalhadamente o surgimento desta moeda, assim como as perspectivas econômicas, jurídicas, sociológicas e da ciência da computação.

Tags: , , , ,